A covid-19 pode virar um resfriado?

 A covid-19 pode virar um resfriado?

Por Mayra Alessandra

O site Contra os Fatos, publicou uma notícia afirmando que a cientista Sarah Gilbert afirmou acreditar que a covid-19 se tornará um resfriado comum no futuro.  Durante um seminário da Sociedade Real de Medicina do Reino Unido, realizado no mês de setembro, a pesquisadora afirmou ser improvável que o novo coronavírus sofra mutações que o deixe mais mortal. De acordo com ela, a tendência é que, assim como os outros vírus, ele se torne menos virulento com o tempo. Sarah Gilbert é pesquisadora da Universidade de Oxford, instituição que participou do desenvolvimento da vacina da AstraZeneca.

Sarah Gilbert acredita que o Sars-CoV-2, terá um destino semelhante aos demais coronavírus, que circulam amplamente entre a população, mas não provocam doenças graves. “O novo coronavírus fica mais fraco à medida que a população adquire defesas contra a doença”, explica.

Um estudo publicado na revista Science,  apontou que o Sars-CoV-2, vírus causador da covid-19 pode virar um resfriado leve em até 10 anos, da mesma forma como são os outros quatro tipos de coronavírus mais comuns atualmente. O estudo foi liderado pela pesquisadora da Universidade Emory, de Atlanta, Estados Unidos, Jennie Lavide.

Jennie Lavide bolou um modelo matemático comparando, além do Sars-CoV-2, seis coronavírus: quatro da mesma família que provocam resfriado comum e são endêmicos, e outros dois que geram Mers e Sars, doenças que provocaram, respectivamente, epidemias em 2003 e 2012, mas que a disseminação foi controlada. Segundo reportado do Portal G1 Notícias.

estudo mostrou que o Sars-CoV-2 aparenta ser parecido com o primeiro grupo. Desta forma, a letalidade teria queda drástica. Além disso, as vacinas comprovaram que conseguem precaver casos graves e evitar hospitalizações e mortes pela doença. A vacinação é uma forma segura e eficaz de prevenir a doenças e salvar vidas e, consequentemente tornar os efeitos do vírus mais leves no organismo.

Equipe NUJOC