Ansiedade provocou reações adversas à vacina da Johnson & Johnson?

 Ansiedade provocou reações adversas à vacina da Johnson & Johnson?

O Nujoc Checagem recebeu mais um material para análise através do aplicativo Eu Fiscalizo. O conteúdo em questão foi publicado no site Contra os Fatos, com o título “A ‘ansiedade’ causou reações adversas à vacina J&J em 64 pessoas, diz o CDC”.

Ou seja, o material afirma que um estudo do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos, apontou que a ansiedade desencadeou reações diversas à vacina contra covid-19 da Johnson & Johnson, também conhecida como Janssen.

De fato, o estudo realizado e publicado no site oficial do CDC relata a ocorrência de casos de ansiedade após a administração do imunizante da Johnson & Johnson. “Síncope e outros eventos relacionados à ansiedade podem ocorrer após a vacinação e foram relatados ao Sistema de Notificação de Eventos Adversos de Vacinas (VAERS) para outras vacinas”, diz o estudo.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O ESTUDO NA ÍNTEGRA

Segundo o levantamento feito nos EUA pelo CDC, “Cinco locais de vacinação em massa relataram 64 eventos relacionados à ansiedade, incluindo 17 eventos de síncope (desmaios) após o recebimento da vacina Janssen COVID-19”.

O CDC investigou mais a fundo esses casos, entrevistando membros da equipe dos locais de vacinação onde ocorreram esses eventos. Quatro dos cinco locais fecharam temporariamente enquanto ocorria a investigação. Os eventos relacionados à ansiedade foram relatados nesses locais para vacinas administradas durante 7 e 9 de abril.

Conforme o estudo, nenhum evento atendeu à classificação VAERS de grave. Os sinais e sintomas mais comumente relatados foram tontura (56%), palidez ou sudorese (31%), síncope (27%), náusea ou vômito (25%) e hipotensão (16%). Treze (20%) pacientes informaram aos membros da equipe uma história de desmaios associados ao recebimento de injeções ou aversão a agulhas.

O CDC destacou algumas prováveis explicações para as crises de ansiedade nesses pacientes:

“Aproximadamente um quarto dos eventos sincopais e outros eventos relacionados à ansiedade após o recebimento da vacina Janssen COVID-19 descrita neste relatório ocorreu em pessoas que relataram uma história de eventos semelhantes após a vacinação. Como a vacina Janssen COVID-19 é administrada em dose única, essa vacina pode ser uma opção mais atraente para pessoas que têm aversão a agulhas. Portanto, é possível que algumas pessoas que buscam a vacinação Janssen COVID-19 possam estar mais altamente predispostas a eventos relacionados à ansiedade após serem vacinadas.

O estresse de uma pandemia em andamento também pode aumentar a ansiedade em torno da vacinação COVID-19. Além disso, em situações de vacinação em massa, um evento relacionado à ansiedade testemunhado por outras pessoas no local ou relatado através da cobertura da mídia pode provocar episódios adicionais induzidos pela ansiedade.”

Por fim, o estudo ressaltou que eventos relacionados à ansiedade podem ocorrer após qualquer vacinação, e alertou que os fornecedores de vacinas devem estar cientes dos eventos relacionados à ansiedade após a vacinação, e precisam observar todos os receptores da vacina para quaisquer reações adversas por pelo menos 15 minutos após a administração do imunizante.

Equipe NUJOC