Entenda: Óleos essenciais são eficientes contra covid-19?

 Entenda: Óleos essenciais são eficientes contra covid-19?

Os óleos essenciais, são produtos naturais, e podem ser uma opção de terapia complementar nesse período pandemia.

Uma publicação enviada pelo aplicativo Eu Fiscalizo ao Nujoc Checagem tem despertado o interesse de usuários nas redes sociais ao mencionar que óleos essenciais podem ser eficientes contra a covid-19.
“Óleos essenciais de gerânio, limão, melaleuca e seus compostos derivados são valiosos agentes antivirais naturais que podem contribuir para a prevenção da invasão do novo coronavírus no corpo humano”, diz a publicação.

Ainda não há estudos que comprovem que óleos essenciais combatam a covid-19, porém, estes são produtos naturais e podem ser uma opção de terapia complementar nesse período pandemia. A farmacêutica Flavia Dabbur explica que eles podem ter funções antimicrobianas, antiviróticas, além de ajudar a diminuir a ansiedade, estresse e dores. “Eles podem ser usados tanto para tratamentos terapêuticos como estéticos”, pontuou.
De acordo com ela, o óleo essencial é um princípio ativo natural proveniente de plantas medicinais aromáticas, podendo ser obtidos a partir de flores, folhas, cascas, rizomas e frutos. Quando os aromas são sintéticos, produzidos em laboratórios químicos, eles passam a ser chamados de essência tendo apenas o benefício do aroma, diferente do que acontece com óleos essenciais.
“Os óleos essenciais são formados dentro da planta e quando extraídos propagam essa atividade e transferem seus princípios ativos naturais para o outro organismo vivo”, comentou.
Flavia ressalta que apesar do caráter místico existem muitas pesquisas na comunidade científica sobre estes compostos, inclusive, com a utilização deles em alguns centros médicos. A farmacêutica ressalta que existem mais de três milhoes de artigos sobre o tema e que a aromaterapia já faz parte das PICs (práticas integrativas complementares) do Sistema Único de Saúde.
Para o uso doméstico, a farmacêutica orienta que eles sejam utilizados em um difusor que espalha seus aromas pelo ambiente. Para o momento atual, os óleos indicados por ela são: de Bergamota (Citrus x bergamia), Laranja doce (Citrus x sinensis), Limão-siciliano (Citrus x limon), todos estes com a função de antisséptico ambiental.
Na função de anti-virótico podem ser usados os óleos essenciais de alecrim verdadeiro qt cineol (Rosmarinus officinalis qt cineol), Canela casca (Cinnamomum zeylanicum), Cravo botões (Syzygium aromaticum), Eucalipto radiata (Eucalyptus radiata) e como imunomoduladores – função que ajudam na imunidade – são indicados os de (Thymus vulgaris qt timol) e Tea tree (Melaleuca alternifolia) e como calmante, o óleo essencial de Lavanda (Lavandula angustifolia) é o mais indicado.
Com informações do Conselho Regional de Farmácia de Alagoas (CRF/AL)

Equipe NUJOC