O número de imunizados no Brasil contra a COVID-19 é superior aos vizinhos da América do Sul?

 O número de imunizados no Brasil contra a COVID-19 é superior aos vizinhos da América do Sul?

Recebemos, por meio do aplicativo Eu Fiscalizo da Fiocruz (disponível para Android e IOS) uma postagem no instagram @terrabrasilnotícia em que afirma sobre o número de vacinados no Brasil ser superior a soma das populações da Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile e Bolívia. A publicação está datada do dia 23 de junho, e diz que o Brasil vacinou 90 milhões de pessoas.  

Atualmente a população absoluta da Argentina é 44,94 milhões de habitantes; o Chile é 18,95 milhões; a Bolívia é 11,51 milhões; o Paraguai é 7,045 milhões; e o Uruguai corresponde a 3,462 milhões. Ao somar todos os habitantes, têm-se mais de 85 milhões, que de fato é inferior ao valor de 90 milhões de doses aplicadas mencionado na publicação do dia 23 de junho.  

Foto: Alma Preta Jornalismo / Reprodução

De acordo com informações do G1, ao todo 106.836.153 pessoas já receberam ao menos uma dose da vacina contra a covid-19, isso equivale a 50% da população brasileira, que possui em sua totalidade 211 milhões de habitantes.  

No entanto, com uma média de distância entre uma dose e outra, de três meses, apenas 45.363.020 pessoas foram completamente imunizadas, o número equivale a 22,5% da população brasileira. 

Vale salientar que o Chile já vacinou mais da metade da população (68,7%), no qual 13 mil já foram totalmente vacinadas, ou seja, tomaram as duas doses. Além do Chile, o Uruguai também vacinou mais da metade da população, chegando a quase 70%, onde 2,4 milhões de pessoas foram totalmente imunizadas. As informações foram recolhidas do site Our World in Data.  

O Brasil de acordo com uma matéria da CNN, ocupa a 68° posição no ranking global de imunização. Quem ocupa a ocupa a primeira posição é a China, seguido dos EUA.  

Equipe NUJOC